Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

O primeiro blog

 ... os seus dados do Blogspot

Já devem ter reparado numa caixa que

aparece, quando se entra no nosso blog,

e que diz "inspira-me".

Hoje reparei que tinha uma sugestão

interessante: "o primeiro blog que leste".

Ora bem. Sobre esse tema pensei, pensei...

e...fez-se luz. O primeiro blog que li, foi o

meu. Devem estar a achar parvo e narcisita,

mas imaginem-se a escrever, seja o que for,

sem ler o que estão a escrever. Deve ficar

uma coisa bonita, não? Ainda não acreditam?

Nunca tinha lido nenhum blog, antes de

"inventar"[leia-se criar(não ficava bem com

o tom do resto do texto)] este. Já perceberam.

Virando-me para o exterior, fui puxando

pela cabeça(que já não puxa lá muito bem),

fui ver os primeiros comentários, e... o blog

era aquele... Não sei se a dona gostaria que

eu o divulgasse, por isso não vou citar o seu

nome. Só informo aqui que esse blog anunciou

o seu fim, no passado dia 17.

O SAPO teve esta ideia, e eu acabo por concluír

que o primeiro blog que li, já acabou...

 


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 06:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos preferidos
Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Férias

Cavaco Silva inicia a ...

O Presidente da República, Aníbal Cavaco

Silva, aconselhou os portugueses a

passarem as férias em Portugal.

Será isto uma mensagem subliminar, a

passar a mensagem: "resigna-te com as

férias que podes ter"?

Acho que a questão é mais grave, o

nosso presidente está convencido, de

que há muito bom português que pode fazer

férias no estrangeiro.

Os que têm a sorte de poderem comprar um

passe social, para a Fonte da Telha, já se 

podem dar por felizes. E se há alguém que 

vá passar férias ao estrangeiro, digam-me

quem é, para lhe pedir uns trocos emprestados,

até receber o subsídio de férias.

Mas, os nossos governantes, não se ficam por

aqui. O ministro Vieira da Silva, não se ficou, e

aconselhou os portugueses a passar férias no

estrangeiro. Este é que pirou de vez.

mais uma vez:

AFINAL QUEM É QUE TEM GUITO PARA PASSAR

AS FÉRIAS LÁ FORA. Como eu não sou, começo

a ficar desconfiado, que ma andam a esconder

algo...  


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 06:00
link do post | comentar | ver comentários (15) | adicionar aos preferidos
Sexta-feira, 4 de Junho de 2010

Novas propostas do governo para a educação

Foi dado o aviso, pelo governo, da pretensão

de fechar mais escolas.

Logo de seguida, aparece outra brilhante ideia:

haverá a possibilidade de passar do 8.º para o

10.º, sem ter que assistir às aulas (são precisos

alguns requisitos para benificiar disto)

Na prática os alunos só terão que estudar em

casa, poupando a escola que, por acaso, se não

estiver já, irá estar fechada.

Ora, um sistema de ensino em que o aluno estuda

em casa, e só faz os exames, que não serão na

escola, porque esta está fechada, tem um nome:

Ensino por correspondência.

Portugal vai ter o sistema de ensino mais 

avançado do mundo: escolaridade obrigatória

por correspondência.

Prevejo que iremos ver o seguinte anúncio:

Novo curso de Ciências Físico-Químicas 9.º ano

Do Planeta de Agostini, na compra do primeiro

fascículo, oferta de um átomo de Urânio 235.

Poderá ,também, haver uma linha de

esclarecimento de dúvidas em directo, na TVI,

assegurada, óbviamente, pelas apresentadoras

do Sempre a Somar.

Aí é que ninguém aprendia nada!!!


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 06:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | adicionar aos preferidos
Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

Bancos

 Móveis BANCO PARA JARDIM E ...                

Ao contrário do que possam pensar, não

vou aqui falar de BPN´s, BPP´s, e outros

sítios (sentido figurado) onde foram feitas

trafulhices.

Trata-se, sim, de bancos simples, daqueles

sobre os quais as pessoas se sentam, e

descansam, se estiverem cansadas, é

obvio.

Há umas semanas atrás, penso que, na

semana anterior à visita do Papa Ratzinger,

entrei na estação de S. Bento (reparem na

coincidencia) e, como é habitual, procurei

o banco, para me sentar, em frente à linha

de onde o comboio costuma sair.

Ando, ando, e ando por aí fora, sem ver

um único banco... Até que olho para o

comboio e reparo que, devia haver um

banco em frente da segunda porta da

primeira carruagem, do que concluí:

"Os bancos foram! Evaporaram-se!

Os bancos andam sózinhos? Quem foi o

F*lh* da p... que levou os bancos? Quem

se deu ao trabalho de levar uma coisa

tão pesada, só para lixar a vida aos outros"

Só se cai uma vez, e depois desta vez, em

que estive meia hora em pé (espero meia

hora pelo comboio). No dia seguinte não

me tramaram. Estratégia: entrar num

comboio qualquer para Campanhã (param

lá todos) sentar-me descansado, porque lá

existem bancos de cimento, que eu penso

que darão mais trabalho a arrancar, e

esperar pelo meu comboio.

Uma semana depois, ía a sair do comboio,

e quase que tropeço num banco.

Como podem ver, só aparecem quando não

são precisos!!! Observo bem os bancos e...

Não acreditei: os bancos estavam ao contrário.

Passo a explicar: o que estava, anteriormente

virado para a linha 1, estava agora virado

para a linha 2, o que para mim é péssimo,

porque não vejo quando é que o meu comboio,

que costuma estar na linha 1, vai sair.

Estes tipos só destroem, e quando reconstrem,

nunca deixam as coisas iguais...


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 06:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos preferidos

O lunático autor disto

congelados

Telescópio

 

Facebook

congelados

tags

actualidade

comico

humor

coisas

pensamentos

política

desabafos

música

educação

portugal

futebol

curiosidades

economia

desafio

politica

pp

sócrates

cultura

sic

eleições

todas as tags

links

Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais comentados

15 comentários
4 comentários
2 comentários