Domingo, 25 de Janeiro de 2009

Balanço!!!

   ESTOU QUE NEM POSSO…

Quando este governo tomou posse, deram-lhe um estado de graça, que ele aproveitou para:

- Aumentar o IVA, mesmo depois de ter prometido que não aumentaria impostos;
- Aumentar a idade da reforma, apesar de ter prometido que o não faria;
- Congelar as carreiras de alguns sectores da Função Pública.

O povo continuou adormecido.

Depois, provou-se que o Primeiro-Ministro falsificou documentos da Assembleia da República para que o tratassem por Engenheiro, que tirou
um curso de Engenharia sem ir às aulas, enviando trabalhos por fax, e que, enquanto recebia um subsídio de exclusividade, assinava projectos.

O povo mostrou-se indiferente, achando que, se ele queria que o tratassem por Engenheiro, era lá com ele.

De seguida, decidiu fechar escolas e urgências; a população começou a despertar e o ministro da saúde foi demitido, mas a política continuou.

Posteriormente, vieram as aulas de substituição gratuitas e a responsabilização dos professores pelo insucesso dos alunos.

Os professores acordaram e os tribunais deram-lhes razão na ilegalidade das aulas de substituição não remuneradas.

Depois veio o Estatuto da Carreira Docente, que dividia os professores em duas categorias, sem qualquer análise de mérito, e impedia que dois
terços dos professores atingissem o topo da carreira.

Os professores ficaram atordoados e a Ministra aproveitou para esticar a corda ainda mais, tratando os docentes por "professorzecos" e
criando um modelo de avaliação que ela própria considerou "burocrático, injusto e inexequível" e que prejudica os professores
que faltassem por nojo, licença de paternidade, greve ou doença.

Aí os professores indignaram-se e vieram para a rua. O Governo e os sindicatos admiraram-se com a revolta dos professores e apressaram-se
a firmar um entendimento que adiava a avaliação.

No ano lectivo seguinte, os professores foram torturados com o suplício de pôr a andar um monstro, cavando a sua própria sepultura.
Em todas as escolas, começou a verificar-se que esse monstro não tinha pernas para andar. Os professores começaram a pedir a suspensão do
processo e marcaram uma manifestação para o dia 15 de Novembro. Os sindicatos viram o descontentamento geral e marcaram outra
manifestação para o dia 8 de Novembro.

Os professores mobilizaram-se e a Ministra tremeu... Os alunos aprenderam com os professores o direito à indignação e aperceberam-se
de que o seu estatuto também era injusto, porque penalizava as faltas por doença, e começaram a manifestar-se. A Ministra percebeu que tinha
de aliar-se aos alunos e cedeu nas faltas, culpando os professores pela interpretação da lei. Conseguiu mesmo alterar sozinha uma lei
aprovada pela Assembleia da República perante os mudos parlamentares.

O ambiente na Escola tornou-se tão insustentável que a Ministra deixou de ter coragem de visitar escolas. Então, decidiu alterar novamente o
seu modelo, sem o acordo de ninguém, pois só ela não entende que está a mais no Governo, defendendo um modelo que sabe que é errado, só para
não dar o braço a torcer (lembrando a teimosia de Paulo Bento que, para afirmar o seu poder, prefere perder). Se fizesse uma
auto-avaliação, percebia que está tão isolada que até o representante das associações de pais, aliado de outras batalhas, tomou consciência
do que estava em causa.

Agora, o Secretário de Estado Adjunto vem dizer que a Lei é para cumprir. Mas qual Lei? A da Ministra que não respeita os tribunais,
que altera as leis da Assembleia da República a seu belo prazer, que manda repetir exames, mesmo sabendo que é inconstitucional, que
penaliza os professores pelo direito à greve e às faltas por nojo, por doença ou por licença de paternidade?

Quem deixou de cumprir a Lei foi a Ministra e o Governo. Lembram-se de alguém que fumou ilegalmente num avião, afirmando que desconhecia uma
Lei imposta por si? É o mesmo que vem dizer que nem ele está acima da Lei.

Já que a Comunicação Social está instrumentalizada e não há oposição firme, o povo devia seguir a lição dos professores e manifestar-se:

- Contra o elevado preço dos combustíveis, uma vez que o preço do petróleo desceu para um terço do que custava há meses e em Portugal os
combustíveis ainda só desceram cerca de 20%;

- Contra os elevados salários de gestores de empresas públicas que dão prejuízo;

- Contra a entrega de computadores "Magalhães" que depois têm de ser devolvidos, como quem tira doces a crianças;

- Contra o financiamento público de bancos que exploram os clientes com elevados juros;

- Contra as listas de espera na saúde;

- Contra as portagens nas SCUT;

- Contra a criminalidade e a insegurança que se vive em Portugal;

- Contra as elevadas taxas de desemprego;

- Contra o desvio do dinheiro de impostos para o TGV;

- Contra as mentiras.

Se os Portugueses acordarem e seguirem o exemplo dos professores, os governantes deixarão de se "governar" e passarão a defender o
interesse das pessoas.

"Ao emendar aquilo que precisa de correcção, o bom professor não está a ser rude."

música: The Clash-Police & Thiefs

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 20:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos preferidos
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

Tourada

 

Fernando Tordo : Tourada

Música: Fernando Tordo
Letra: Ary dos Santos
In: 1973.
"UNL - Literatura"


Não importa sol ou sombra
camarotes ou barreiras
toureamos ombro a ombro
as feras.
Ninguém nos leva ao engano
toureamos mano a mano
só nos podem causar dano
espera.

Entram guizos chocas e capotes
e mantilhas pretas
entram espadas chifres e derrotes
e alguns poetas
entram bravos cravos e dichotes
porque tudo o mais
são tretas.

Entram vacas depois dos forcados
que não pegam nada.
Soam brados e olés dos nabos
que não pagam nada
e só ficam os peões de brega
cuja profissão
não pega.

Com bandarilhas de esperança
afugentamos a fera
estamos na praça
da Primavera.

Nós vamos pegar o mundo
pelos cornos da desgraça
e fazermos da tristeza
graça.

Entram velhas doidas e turistas
entram excursões
entram benefícios e cronistas
entram aldrabões
entram marialvas e coristas
entram galifões
de crista.

Entram cavaleiros à garupa
do seu heroísmo
entra aquela música maluca
do passodoblismo
entra a aficionada e a caduca
mais o snobismo
e cismo...

Entram empresários moralistas
entram frustrações
entram antiquários e fadistas
e contradições
e entra muito dólar muita gente
que dá lucro as milhões.

E diz o inteligente
que acabaram asa canções.

 

 

 

 

 

 

 


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 02:52
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Sábado, 22 de Novembro de 2008

Sou do contra...

 

Após tanta discussão, tanto prognóstico aqui está o homem:

 

Finalmente os EUA têm um presidente preto...Viva...só tenho um reparo a fazer: quando houve presidenciais em Portugal não houve tanto alarido...

 

Espero que alguma coisa mude no pais que se julga superior, apesar de não passarem de uma cambada de mal formadps

 

Boa sorte Negão

música: U2-pride
tags:

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 02:05
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Finalmente alguém que merece o cargo

 

Finalmente uma boa notícia acerac da câmara de Lisboa!!!

Santana disponível para concorrer à Câmara de Lisboa (TSF)

Ahhh! Não é o Carlos é o Pedro... então retiro o que disse...

 

música: Black Magic Woman

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 23:22
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 14 de Outubro de 2008

Quando a esmola é muita o pobre desconfia

Orçamento de Estado 2009

Teixeira dos Santos anuncia aumento de 2,9% para a Função Pública (SAPO)

O ministro das Finanças Teixeira dos Santos teve de atrasar a apresentação do Orçamento do Estado, por "questões técnicas" perdeu a Pen ondee tinha o Show para impingir aos jornalistas, mas em conferência de imprensa avançou que ficou definido o aumento para a Função Pública. O ministro garante que este é um "orçamento realista e a pensar nas famílias e empresas portuguesas" resta saber o que é real para ele, é qie parce que ultimamente o classe politica tem andado um pouco fora da realidade, (vamos lá ver o que as "vozinhas" lhe disseram...).

 

Estou: Perplexo
música: Pink Floyd-Money

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 23:51
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Sábado, 21 de Junho de 2008

A equipa de Manuela Ferreira Leite

 

Há uns dias atrás, a agora presidente do PSD afirmou que tinha que formar equipa.

 

Penso ter a solução para isso!

 Estes vão ter uns tempos sem nada que fazer, podem dar uma ajuda...

 

música: A Portuguesa

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 09:28
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Uma foca tentou copular com uma refeição potencial

 

Esta manhã deparei-me com esta preocupante notícia     

 

 

 

Ataque sexual inédito intriga cientistas
Cientistas sul-africanos testemunharam um bizarro ataque sexual de uma foca a um pinguim-rei. O incidente durou 45 minutos e foi captado em imagem pelos investigadores, que divulgaram a sua observação no Journal of Ethology. Local do crime: a ilha Marion, no arquipélago Prince Edward, a 1500 quilómetros da costa sul-africana, no Índico sub-antárctico.

A tentativa de cópula foi feita por um macho adulto, jovem e inexperiente, que na opinião dos cientistas exibiu um comportamento de "grande frustração". Desconhece-se o sexo do pássaro, que se debateu com desespero e parece ter escapado ileso. A diferença de peso, 100 quilos para a jovem foca, 15 quilos para o pinguim, tornou a sobrevivência um autêntico milagre.

 

 

 

 

 

 

 

Atendendo a isto, se esta moda pega começando pelos animais domésticos, devemo-nos preparar para assistir a gatos a violar ratos e pássaros, antes de os comerem. 

Leões com antílopes e gnus- no caso de animais selvagens.

Camaleões e aranhas com moscas e mosquitos. 

No nosso caso na situação de presas, imagine-se o ataque de um tubarão ou de um tigre esfomeado, já para não falar nos cães de guarda...

No caso de consumidores, já ouvi falar de casos envolvendo ovelhas e cabras.

Agora imagine-se um indinvíduo entrar numa marisqueira e dizer: "Quero violar aquela lagosta que está no vosso aquário"...

Bem no mundo da poítica, atendendo ao que se passa no PSD não sei bem se se andam a comer uns outros ou se é o primeiro caso...

Só me resta dizer que se o saudoso Zeca Afonso ainda fosse vivo, o refrão de "Vampiros" não seria "Eles comem tudo...", devem imaginar como seria...

 


 

Estou: Preplexo
música: Vampiros de Zeca Afonso

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 10:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos preferidos

O lunático autor disto

congelados

Telescópio

 

Facebook

congelados

tags

actualidade

comico

humor

coisas

pensamentos

política

desabafos

música

educação

portugal

futebol

curiosidades

economia

desafio

politica

pp

sócrates

cultura

sic

eleições

todas as tags

links

Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais comentados

2 comentários

Relógio