Sábado, 4 de Junho de 2011

Coisas da cabeça

Não sei se já passaram pela experiência

de andar com uma música metida na

cabeça? Em que consiste? É simples.

Ouvimos uma música qualquer, na

rádio, ou na televisão e o nosso cérebro

trata de a gravar e reproduzir vezes

sem fim. Ora bem, isto poderá ser bom

se gostarmos da música, mas caso contrário

é um grande pesadelo. Tudo isto porque,

um dia destes, o meu cérebro pregou-me a

partida: "Toma lá a música do Pingo Doce,

que até te lixas". E assim foi, durante dois ou

três dias andei atormentado por essa praga...

Nos dias seguintes passou, imaginem, para

a música do Modelo, talvez menos irritante

mas imbecil, na mesma. Uns dias depois

desconfiei, tinha, na cabeça, uma música

dos Pink Floyd. Estranhei, será que o malfadado

órgão, que controla todo o nosso corpo me deu

tréguas? Passados mais uns dias passei a ouvir

a quinta sinfonia de Beetoven (não sei por que

orquestra, mas, também, não interessa).

O pesadelo acabou.

Contei-vos tudo isto, porque vou publicar

neste post a música que tenho agora metida

na cabeça.


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 06:00
link do post | comentar | ver comentários (14) | adicionar aos preferidos (1)
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

California Sun em português


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (15) | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 30 de Junho de 2009

Balla


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Stress, acontece, arrefece


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Corda Bamba


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:48
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Ornatos Violeta


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:38
link do post | comentar | ver comentários (10) | adicionar aos preferidos
Sábado, 9 de Maio de 2009

Gandas malucos

tags:

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos preferidos
Terça-feira, 10 de Março de 2009

Uma nota só

Tom Jobim
Eis aqui este sambinha, Feito numa nota só
Outras notas vão entrar, Mas a base é uma só
Esta outra é consequência, Do que acabo de dizer
Como eu sou a consequência, Inevitá- vel de você
Quanta gente existe por aí, Que fala tanto e não diz nada, Ou quase nada
Já me utilizei de toda a escala, E no final não sobrou nada, Não deu em nada
E voltei prá minha nota, Como eu volto prá você
Vou cantar com a minha nota, Como eu gosto de você
E quem quer todas as notas, Ré, mi, fá, sol, lá, si, dó
Fica sempre sem nenhuma, Fique numa nota só
Estou:
música: Esta
tags:

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:31
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Domingo, 8 de Março de 2009

Homem Mau

Câmara Municipal de Lagos
Dum edifício inteligente
Tecto falso gente indiferente
Já foi um índio um dinossauro
Meio máquina meio centauro

Não sente fome nem odor
Quando pensa sai-lhe o vapor
Odeia o álcool a nicotina
Mete Super sem estricnina

Homem mau
É o novo homem mau
Homem mau
É o nosso homem mau

Com vários sexos independentes
À noite põe-nos num copo de dentes
Expele spray quando fala
Guarda a língua numa mala

Não vai morrer de amor
Sem ozono fica mais calor
Foi-se o índio no café
E o unicórnio tornou-se ralé

Homem mau
É o novo homem mau
Homem mau
É o nosso homem mau
Estou:
música: GNR-Homem Mau
tags:

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 22:20
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

Mais um

Imagina um céu, branco de azul
Um luz quieta, um pouco de sul
Um homem parado, segura o contil
Parece cansado, assim visto de perfil

Uma sombra pequena, uma longa jornada
Parece à procura, mas não acha nada
Não há uma casa sem uma parede
E a água que bebe, não lhe mata a sede

Aquela sede
A sua sede
E ele onde está
De onde virá
Por quem perguntará
Amanhã saberá
Ele onde está
De onde virá
Amanhã matará

Eu espreito à janela, por traz da vidraça
E vejo o sujeito, no meio da praça
Não há um homem, sem o seu segredo
Verdade escondida, a mãe do seu medo

Aquele medo
É o seu segredo
E ele onde está
De onde virá
Por quem perguntará
Amanhã saberá
Ele onde está
De onde virá
Amanhã matará

Imagina um céu, negro de perigo
Desperta terror, ver o desconhecido
Desconfia dele, mas faz a viagem
Se não tens abrigo, que tenhas coragem

   

   Xutos e Pontapés

Estou:
música: Esta

rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 19:26
link do post | comentar | adicionar aos preferidos

O lunático autor disto

congelados

Telescópio

 

Facebook

congelados

tags

actualidade

comico

humor

coisas

pensamentos

política

desabafos

música

educação

portugal

futebol

curiosidades

economia

desafio

politica

pp

sócrates

cultura

sic

eleições

todas as tags

links

Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais comentados

14 comentários
10 comentários
9 comentários
4 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários

Relógio