Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Mega-coelhos

Coelho Papel de Parede no ...

Já escrevi, neste modesto blog, um post sobre os micro-porcos. Porcos mais pequenos, que serviriam como animais de estimação.

Agora a manipulação genética aponta para coelhos tamanho XXXL, pura e simplesmente para darem mais carne. Na práctica trata-se dum coelho, para aí do tamanho dum cão. Mais uma aberração, que só pode dar vontade de rir, pois penso que ninguém, no seu perfeito juízo, irá dar continuidade a estas experiências, a não ser que seja muito rentável, económicamente, que faça alguém cair na tentação de fazer disparate.

Pensando mais a fundo no assunto, podemos imaginar que se fazia uma criação destes gigantescos laparídeos. Se um casal deles fugisse, iríamos ter uma epidemia de coelhos, que faria a gripe A corar de inveja. Sublinho: teríamos um surto de coelhos gigantes, a ceifar montes de vegetação, arruinando rápidamente tudo quanto fosse cultura ou simples vegfetação. Os predadores aumentariam em grande número, teriamos 50000 lobos para cada capuchinho vermelho, etc, etc, etc...

Imaginem agora, que querem fazer o mesmo com frangos!!! Que churrascada.

Felizmente que não podem fazer esta treta com humanos, senão ficava tudo em tamanho grande, e o que ficava pequeno era a Terra...

Enfim, inventam cada coisa!!!

Quando é que se convencem que, quanto mais se mexe na Natureza pior!!!


rabiscado por João Rodrigues Ferreira às 21:59
link do post | comentar | adicionar aos preferidos
13 comentários:
De MiSá a 31 de Janeiro de 2010 às 12:38
Seria lindo, uma pessoa a passar de carro por um sítio qualquer e ver um coelho do tamanho de cão. Seria como voltar uns bons anos atrás até à época onde haviam castores do tamanho de burros. Gostei da expressão que churrascada, está sem dúvida bem aplicada.
Bjs*


De João Rodrigues Ferreira a 2 de Fevereiro de 2010 às 12:36
E, já agora, um lobo do tamanho dum cavalo...
Bjs


De Leucócito a 2 de Fevereiro de 2010 às 15:57
Eu já não como coelhos normais (é paranóia, não consigo comer coelho porque os acho muito giros...)... que fará agora comer coelhos do tamanho de cães... tadinhos dos bichinhos... (não vale a pena dizer "se não comes coelho, também não devias comer frango, nem vaca"....eu já disse que é paranóia loooool) beijinhos


De Madeleine a 2 de Fevereiro de 2010 às 18:56
Já estou como a Leucócita, os coelhos são demasiado giros para serem comidos.


De João Rodrigues Ferreira a 3 de Fevereiro de 2010 às 22:19
Não acho que o coelho seja um animal assim tão giro, é mas é um "ganda maluco", quando a coisa dá para a festança é uma alegria. De qualquer manbeira, também é animal que não aprecio, afinal n-ao tem um ar tão estúpido como o duma galinha...
Bjs**

Bjs**


De Madeleine a 2 de Fevereiro de 2010 às 18:55
Concordo, inventam cada coisa!
Eu adoro coelhos, acho-os tão engraçados que nem sequer consigo comer qualquer prato cujo nome tenha "coelho" lá no meio. Fico logo enjoada.
Mas tenho que admitir que um franguinho XXXL até era bom. Coxas extra-largas! Hmmm. xD
Beijinho


De João Rodrigues Ferreira a 3 de Fevereiro de 2010 às 22:23
Preferia mesmo uma sapateira do tamanho dum contratropedeiro!!! A imperial é que não podia ser numa caneca maior. Bem, o vidro não precisa mainipulação genética.
Bjs**


De Blogadinha a 3 de Fevereiro de 2010 às 18:02
Subscrevo a conclusão, mas devo à leitura: parei no lobo! Acaso teria o bicho boca tamanha para segurar um coelhóne?

- Ah, vou-te comer!
- Vais o quê, não sejas lobo...

Lol


De João Rodrigues Ferreira a 3 de Fevereiro de 2010 às 22:25
Os caçadores vão começar a andar com bazucas...

 


De ecologista a 8 de Fevereiro de 2010 às 21:34
Já agora gostava de deixar esta ideia:coelhos grandes podiam ser importantes para alimentar familias grandes. Mas para mim o que era importante  (realmente importante) era produzirem frangos com quatro patas. Os meus filhos só gostam das coxas....


De João Rodrigues Ferreira a 8 de Fevereiro de 2010 às 23:33
Concordo com a ideia, as pernas são a única parte do frango que eu gosto, mas o resto também se come.
Obrigado pela visita e pelo comentário!!!


De sonhadoraincuravel a 15 de Fevereiro de 2010 às 01:59
é uma perspectiva engraçada lool realmente não deixava de ter graça. realmente axo que se perde tempo e recursos com coisas que não são propriamente uteis nem vejo o interesse cientifico pra isso. mas axo que a manipulação genetica pode ser muito util mesmo se for bem usada  tiver limites definidos. pensa só numa plantação de arroz por exemplo em áfrica, que não fosse atacado por doenças ou insectos quedificultariam ou impediriam o arroz de proliferar. isso pode ser feito com a manipulação genetica, ou mesmo enriquecer esse arroz com nutrientes que são tão precisos em certos sitios. Eu aí como na manipulação genetica em termos de doenças de orgãos e assim concordo. agora tar a crescer os bixinhos e mudar coisas que não faz grande sentido nem tem grande interesse não vejo qual é a coisa. fika bem


De João Rodrigues Ferreira a 15 de Fevereiro de 2010 às 23:40
Já temos a experiencia que, qualquer mexida que fizermos no equilíbrio ecológico dá "barraca". A boa solução é dar meios aos africanos de fazerem culturas como as que os outros países têm. Além de OBRIGAR certos países a canalizar, a custo zero, os seus excedentes para lá.


Comentar post

O lunático autor disto

congelados

Telescópio

 

Facebook

congelados

tags

actualidade

comico

humor

coisas

pensamentos

política

desabafos

música

educação

portugal

futebol

curiosidades

economia

desafio

politica

pp

sócrates

cultura

sic

eleições

todas as tags

links

Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais comentados

52 comentários
45 comentários
42 comentários
38 comentários
38 comentários
36 comentários
34 comentários
34 comentários
33 comentários

Relógio